Post Icon

Clarice Lispector

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não
conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver
ultrapassa qualquer entendimento.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Tristes marcas

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!

Foi assim que reagi quando vi essa estria nojenta na minha barriga. Aí eu chorava e falava: - Caraca eu só tenho 22 anos e vou ficar com a barriga toda feia! - O que vai adiantar ficar magrinha com essa marca na minha barriga!...
O Victor me consolava dizendo que me amaria de qualquer jeito! Mas pra mim não era suficiente. Fiquei muito deprimida. Já estava usando óleo de amêndoas, mas passei a tomar banho de óleo e sempre que me lembrava durante o dia, eu emplastava a barriga.
Não adiantou, ela aumentava a cada dia!
Mas o pior ainda estava por vir, quando eu já estava aqui no Rio, como não estava com tempo pra ficar reparando cada detalhe em mim, um dia o Victor olhou com uma cara assustadíssima pra mim e não conseguiu esconder um ramo de estrias logo ao lado dessa. Nossa, como eu chorei!!! Liguei pra minha mãe pra ela me dizer o que eu deveria fazer. Ela disse que eu tinha que me conformar. Ah não! Perguntei a minha prima o que ela usou pois ela só teve 4 estrias. Ela disse que usou Mater Skin. Perguntei minha cunhada que não teve nenhuma, ela disse que usou Luciara. Optei pelo Luciara e Vasenol e Óleo de amêndoas!
Não tenho dado descanso pra "elas". Mas elas tb não têm me dado. Hoje mesmo encontrei umas do lado da barriga e taquei creme nelas. Não sei se vai adiantar, mas estou fazendo a minha parte!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Revendo os últimos meses


Bom, estou adiando este post por semanas. Não era preguiça, muito menos falta de assunto; era pq não sabia ao certo por onde começar e não queria deixar nada de fora, mas também não quero me expor muito! Então tinha q achar o caminho do meio.
Então vamos às atualizações... Comecei a Facul, estava superfeliz, conheci várias pessoas em Recife, e fiquei bem como nunca por lá, mas... Descobri que estava grávida e foi com certeza a maior felicidade da minha vida, tentei conciliar a faculdade com a sonolência e o desânimo ( os assuntos da faculdade já não eram mais o foco da minha atenção)... desisti, me arrependi, voltei e... desisti de vez.
Como já não tinha mais a ocupação e o ritmo acelerado dos estudos e trabalhos, começou a bater novamente a depressão e as antigas obsessões... Me bateu também a saudade das pessoas do Rio e uma vontade de voltar! Victor comprou logo minha passagem de ida e resolvemos q eu ficaria por aqui (RIO) 2 meses! Vim, e o saldo do tempo por aqui foi super negativo. Adoeci minha mãe, aborreci meu pai, entristeci minha família! Senti muita falta do Victor, ainda mais estando grávida, sentia que era do lado dele que eu tinha que ficar. Mas ele também estava muito abalado com tudo que estava acontecendo.
Pras pessoas que vivem comigo é muito difícil entender e aceitar essa doença que se instalou em mim, sempre fui muito faladeira, estava sempre rindo e sorrindo! Vejo como meu pai se afastou por não admitir q isso esteja acontecendo comigo, vejo como as pessoas me tratam diferente, com certo receio, vejo os olhos tristes do meu marido (meu melhor amigo) sem saber o que fazer, o que falar, sem saber como trazer meu sorriso de volta. Mais triste do que ver tudo isso e me olhar no espelho e não me ver mais dentro de mim!
Quando enfim chegou o dia de voltar para Recife, fui cheia de expectativas de uma vida melhor e acreditando que teria Sophia por lá. Mas quando coloquei os pés naquele lugar... senti tantas coisas misturadas, mas posso dizer que nenhuma foi boa! Ver o Victor era maravilhoso, mas ele estava envolto a tudo q aquele lugar representou na minha vida, então me bateu um medo e uma insegurança... As lágrimas caiam descontroladamente, Victor achava q era de felicidade, mas sinceramente até hoje não sei do que eram, mas de felicidade sei que não!
Com o passar dos dias eu ia me acostumando, mas fui tendo cada vez mais certeza de que não seria lá que Sophia nasceria! As angústias e os tormentos foram aumentando e fomos ao Psiquiatra, ele preferiu se isentar de ter qualquer culpa no desenvolvimento do bebê e não receitou nenhum remédio e cortou o rivotril! Mas como também não podia me deixar naquele estado, solicitou uma dispensa para o Victor me fazer companhia até o final da gestação! Isso foi uma conquista porque me sentiria mais segura com ele do meu lado!
Fomos tentando ficar por lá, mas não tínhamos muito o que fazer, então resolvemos vir os dois pro Rio e tentar as coisas, a vida, o casamento de um jeito diferente; tentar curtir o restante da gravidez... Viemos com mala e cuia: Eu, ele, Max, Sophia... e excesso de bagagem!
Muita esperança em nossos corações, era a tentativa de uma vida melhor: Viver na nossa casinha tudo o que sempre sonhamos e com uma alegria a mais: Sophia a caminho!
Hoje já faz 23 dias que estamos aqui. O saldo? Ainda não sei, mas não é negativo. Apesar de muitos momentos ruins estamos conseguindo transpor as dificuldades e focar na vinda de um ser que vai trazer minha alegria de volta!
O Victor é um homem especial e eu jamais poderia ter outra pessoa que me amasse tanto, e desejasse tanto ver minha felicidade. Alguém com tanta paciência que se refaz todos os dias, que não carrega as dores do dia anterior, q se enche de esperança e de alegria nos primeiro sinais de melhora q eu demonstro!
Sei que no dia que o Médico colocar nossa filha em meus braços tudo isso vai se dissipar e com sorte nem vamos nos lembrar desses tempos ruins!
Daqui por diante vou me esforçar ao máximo para postar regularmente os fatos da minha nova Vida e procurar ser mais positiva e portadora de boas novas!
Até a próxima!!!



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Visita!




Nessa quarta-feira fui na Faculdade ver as meninas, q fazia um tempão que não as via!

Aproveitei q acabou as férias e que estou indo pro Rio sem previsão pra voltar, pra dar um bjinho nelas!
Nossa foi muito bom! Pq ficar aqui nesse lugar é um martírio pra mim, pouquíssimas coisas me deixam feliz! Então voltar no único lugar daqui onde me trouxe esperança de viver e onde conheci tantas pessoas especiais foi realmente revigorante!
Talvez nenhuma daquelas meninas tenha nooção do quão importante elas foram na minha vida! Vou levá-las, sempre, no meu coração e na minha memória!!!
Valeu amigas de Recife!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Lição de vida!

Em um momento mais oportuno vou postar uma explicação pelo meu sumiço! Vou apenas esclarecer q são problemas de saúde mental/emocional, já referidos anteriormente!

Entretanto hoje vim comentar sobre algo que me emocionou muito nos últimos dias. Navegando pela net, fazendo minhas pesquisas encontrei um blog de uma mãe q comentou sobre um outro blog muito sensível sobre uma mãe q conta toda sua jornada: de tentar engravidar, descobrir q tinha dificuldades para gerar um filho de forma natural, sua tentativa de fazer um Inseminação Artificial, sua felicidade quando descobre q conseguiu engravidar, seu susto ao descobrir q tinham 4 sementinhas sendo geradas em seu ventre... e depois sua descoberta de que um dos pimpolhos estava com um probleminha na formação, sua luta pra manter a gravidez o máximo de tempo possível, quando chegou o grande dia... sua luta diária pela vida de seus filhos, principalmente a vida de Pablo q esteve por tanto tempo por um fio...
Li toda sua trajetória junto com meu marido, as vezes me emocionei, as vezes ri... parecia q um filme se passava na minha cabeça!
Mas pra mim a mensagem principal estava nas entrelinhas: sua enorme força e fé! Como eu me surpreendia quando ela dizia q não trocaria a rotina dela com a de mais ninguém e q agradecia a Deus por tudo!!!
Eu com meus problemas q perturbam a minha mente e não me permitem ser feliz como eu deveria estar sendo, senti uma enorme vontade de enfrentar com mais persistência e coragem os medos q me perseguem, pois afinal de contas eles podem ser apenas ilusão. E ela com problemas reais, levanta todos os dias sacode a poeira e da a volta por cima, e prefere ver a vida da melhor maneira possível!
Queria prestar aqui minha homenagem a ela q é uma Mãe com M maiúsculo! E que me fez ver a vida com outros olhos.
Obrigada por expor sua história! Parabéns por cada dia da sua vida!!!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

HERMAM HESSE


"Quanto mais envelhecia, quanto mais insípidas me pareciam as pequenas satisfações que a vida me dava, tanto mais claramente compreendia onde eu deveria procurar a fonte das alegrias da vida. Aprendi que ser amado não é nada, enquanto amar é tudo (...).
O dinheiro não era nada, o poder não era nada. Vi tanta gente que tinha dinheiro e poder, e mesmo assim era infeliz.
A beleza não era nada. Vi homens e mulheres belos, infelizes, apesar de sua beleza.
Também a saúde não contava tanto assim. Cada um tem a saúde que sente.
Havia doentes cheios de vontade de viver e havia sadios que definhavam angustiados pelo medo de sofrer.
A felicidade é amor, só isto.
Feliz é quem sabe amar. Feliz é quem pode amar muito.
Mas amar e desejar não é a mesma coisa.
O amor é o desejo que atingiu a sabedoria.
O amor não quer possuir.
O amor quer somente amar."



"Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo."


"Sempre andaram em busca de Deus, mas nunca em busca de si mesmos.
E Ele não está em outro lugar.
Não há um deus senão aquele dentro de cada um"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

MESMO ASSIM


As pessoas são irracionais, ilógicas e egocêntricas.
Ame-as MESMO ASSIM.

Se você tem sucesso em suas realizações,ganhará falsos amigos e verdadeiros inimigos.
Tenha sucesso MESMO ASSIM.

O bem que você faz será esquecido amanhã.
Faça o bem MESMO ASSIM.

A honestidade e a franqueza o tornam vulnerável.
Seja honesto MESMO ASSIM.

Aquilo que você levou anos para construir,
pode ser destruído de um dia para o outro.
Construa MESMO ASSIM.

Os pobres têm verdadeiramente necessidade de ajuda,
mas alguns deles podem atacá-lo se você os ajudar.
Ajude-os MESMO ASSIM.


Se você der ao mundo e aos outros o melhor de si mesmo,
você corre o risco de se machucar.
Dê o que você tem de melhor MESMO ASSIM.



Madre Tereza de Calcutá

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Visitantes passarinhos




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Todos podem ser felizes

Todos nós buscamos a felicidade. Mas algumas pessoas se queixam de que é difícil encontrá-la. Entretanto, se pensarem bem, perceberão que são inúmeras as dádivas. Em comparação com o passado, a condição de vida melhorou muito: a comida é farta e as moradias são muito melhores que antigamente.
Os meios de transporte melhoraram bastante, a quantidade de carros aumentou muito, e os veículos são todos modernos, não existindo mais aqueles “calhambeques” soltando fumaça. Mesmo assim, muitas pessoas vivem insatisfeitas, reclamando do custo de vida, da condição de moradia etc. Isso ocorre porque o termo de comparação se tornou mais elevado. É verdade que o custo de vida está alto, mas a situação é melhor que no tempo em que as mercadorias eram escassas e não as podíamos obter. Se vivermos reclamando que tudo está caro, esse pensamento se fixa na mente e vamos nos sentir cada vez mais aborrecidos e infelizes.
Além disso, reclamações e queixas não melhoram a situação. Pelo contrário, devido à força negativa que elas contêm, só contribuem para criar escassez de mercadorias e alta do custo de vida.
As palavras têm uma força misteriosa, e o que é expresso constantemente acaba se concretizando. Assim, quem vive dizendo que é infeliz torna-se cada vez mais infeliz, e quem vive se queixando da doença custa a sarar; pelo contrário, tende a piorar.
Então, não é muito melhor falar de coisas boas, maravilhosas, proferir palavras de gratidão e viver todos os dias com alegria e entusiasmo? Mesmo estando doente, é possível acontecer algo bom, pelo menos uma vez ao dia: a visita de um amigo, o desabrochar de uma flor no vaso, o agradável sabor do chá que foi servido etc.
O que quer que tenha acontecido de bom ou agradável, expresse-o verbalmente e manifeste gratidão. É bom relatar o fato a outras pessoas e compartilhar a alegria, pois, é certo que isso iluminará a mente. Vivendo com a mente radiosa, você atrairá a simpatia de todos e, mesmo na eventualidade de estar doente, logo obterá a cura. E o seu destino melhorará cada vez mais.
Em tudo, é importante a postura mental correta. Quem está com a mente distorcida tem uma visão deturpada das coisas e se irrita com tudo, ao passo que na vida de quem tem a mente positiva e se sente grato a todos ocorrem coisas boas uma após outra, e essa pessoa será realmente uma felizarda aos olhos de todos.
No mundo, existem pessoas que obtêm êxito em tudo e pessoas que fracassam em tudo. As primeiras têm a mente positiva, luminosa. Por verem sempre o lado radioso da vida, elas vivem com alegria e entusiasmo; e isso faz com que os outros simpatizem com elas e se disponham a colaborar. Já as pessoas propensas ao fracasso são as que têm a mente sombria e vivem reclamando. Por causa disso, não aparecem colaboradores, o seu ambiente familiar é frio e são constantes os desentendimentos.

Na verdade, todos podemos ser felizes agora mesmo, pois a felicidade não vem de fora, e sim de dentro, criada por nós próprios, ou seja, pela nossa mente.

Mensagem da Seicho-Nô-IÊ

www.sni.org.br


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Mensagem de Fé


Confie...




As coisas acontecem na hora certa.

Exatamente quando devem acontecer!

Momentos felizes, louve a Deus.

Momentos difíceis, busque a Deus.

Momentos silenciosos, adore a Deus.

Momentos dolorosos, confie em Deus.

Cada momento, agradeça a Deus.

Extraído de http://umafamiliaincrivel.blogspot.com

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Pra Refletir!

1. A vida não é justa, mas ainda assim é boa.
2. Quando estiver em dúvida, apenas dê um pequeno passo.
3. A vida é muito curta para gastá-la odiando alguém.
4. Seu emprego não vai cuidar de você quando você estiver doente. Seus amigos e seus pais vão. Mantenha contato.
5. Pague seus cartões de crédito no final do mês.
6. Você não precisa vencer toda discussão. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. É melhor que chorar sozinho.
8. Tudo bem ficar bravo com Deus. Ele agüenta.
9. Economize para sua aposentadoria, começando com seu primeiro pagamento.
10. Em relação a chocolate, resistência é inútil.
11. Faça as pazes com seu passado para não estragar seu presente.
12. Não tem problema deixar seus filhos verem você chorando.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não sabe qual é o caminho que eles tem que percorrer.
14. Se um relacionamento tem que ser segredo, você não deveria estar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe, Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Acalma a mente.
17. Livre-se de tudo que não for útil, bonito ou alegre.
18. O que não mata, realmente te faz mais forte.
19. Nunca é tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda é por sua conta.
20. Quando estiver buscando o que ama na vida, não aceite não como resposta.
21. Queime as velas, use os lençóis novos, vista a lingerie chique. Não guarde para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Se prepare muito bem, depois deixe as coisas acontecerem naturalmente.
23. Seja excêntrico agora. Não espere a velhice para usar roxo.
24. Ninguém é responsável pela dua felicidade além de você mesmo.
25. Analise todo suposto desastre com essas palavras: “Em cinco anos, isso vai importer?”
26. Sempre escolha a vida.
27. Perdoe tudo e a todos.
28. O que as outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
29. O tempo cura quase tudo. Dê um tempo.
30. Não importa quão ruim ou boa uma situação seja, vai mudar.
31. Não se leve tão a sério. Ninguém leva você tão a sério.
32. Acredite em milagres.
33. Deus te ama porque Deus é assim, não por causa de alguma coisa que você fez ou deixou de fazer.
34. Não ensaie para a vida. Aproveite ao máximo agora.
35. Envelhecer é melhor que a outra alternative – morrer jovem.
36. Seus filhos terão somente uma infância.
37. No final, o que realmente importa é que você amou.
38. Saia de casa todos os dias. Milagres acontecem em todos os lugares.
39. Se você fizesse uma pilha com seus problemas, e comparasse com as pilhas dos outros, pegaria a sua de volta.
40. Inveja é perda de tempo. Você já tem tudo que precisa.
41. O melhor ainda está por vir.
42. Não importa como você se sente. Levante, se vista, e apareça.
43. A vida não está embrulhada com uma fita, mas é um presente.
44. Amigos são a família que nós escolhemos.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Voltei!


Bom, vim justificar minha desaparecida!

É pelo mais nobre de todos os motivos: descobri que estou grávida!!!
Foi assim, estava sentindo muita cólica nos dias próximos a minha menstruação vir, entretanto ela não veio na data certa. Primeiramente comecei a ficar empolgada imaginando ser gravidez. Mas fui começando a deixar essa idéia de lado quando as cólicas começaram a aumentar. Mas pra tirar mesmo a dúvida fiz um teste de farmácia e o resultado... Negativo! Fiquei superfeliz, porque essa era a primeira vez em toda a minha vida que não gostaria de estar grávida pois estava muito empolgada com minhas atividades na faculdade e com a carreira promissora que começava a surgir nas minhas espectativas!
Mas os dias se passaram a cólica continuou e os seios doíam muito. Comecei a achar que era alguma doença, mas ainda achava que podia ser gravidez. Um dia enquanto tomava banho gritei: "Vitor!!!", ele foi ao banheiro para ver o que era e eu disse com toda certeza: "Estou grávida!". É porque senti uma sensação nos seios como nunca tinha sentido antes, e minha mãe sempre me disse que sabia que estava grávida pelas sensações nos seios!
Já estava começando a gostar da idéia, afinal de contas o maior sonho da minha vida sempre foi ter filhos!
Quando não agüentei mais as dores nos seios combinei com o Victor de irmos fazer um ultra> pois assim saberíamos exatamente o que era: cisto, mioma, bebê... Então numa sexta-feira, dia 19 de março, fui fazer a ultra. A médica se apresentou, perguntou porque estava fazendo aquele exame, eu expliquei toda a história e quando ela colocou aquele "instrumento de visualização interna" em mim... eu vi uma coisinha lá... bem pequenininha... e ela disse: "Está grávida, tá?"
.....................................................................................................................................................................
Nossa com toda a certeza desse mundo foi o momento mais feliz da minha vida! Comecei a chorar de um lado e Vitor do outro. Ela até disse: "Nossa se eu soubesse que vocês ficariam assim teria dito mais devagar" rsrsrsrsrsrsrsrs. Que nada, foi da maneira mais emocionante que poderia ter sido! Ouvi o coraçãozinho do meu filho(a) batendo e chorei mais um pouco!
Saímos da clínica e procuramos imediatamente um orelhão pra ligarmos pra família. (Essa clínica fica dentro do Shopping Guararapes) E foi uma loucura só, eu de uma lado contando pra minha mãe e chorando, Vitor do outro contando pra mãe dele e chorando também. Quem passava pela gente não entendia nada! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Fomos mais que rapidamente comprar a primeira roupinha pra nosso(a) filho(a)!

Foi bastante bacana também na facul. quando contei, todos ficaram felizes e me parabenizaram!
Depois disso passei um tempo mal-humorada e com dores. por isso não tive publicando nada. Fiquei meio desanimada com a facul também, mas espero que seja passageiro!
Estou voltando a publicar minhas pesquisas, meu dia-a-dia, meus trabalhos da facul e agora minhas experiências de gestante!!!
Até

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Muita zoeira e nada de trabalho



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Força estranha - Roberto Carlos



Eu vi um menino correndo
Eu vi o tempo
Brincando ao redor do caminho daquele menino
Eu pus os meus pés no riacho
E acho que nunca os tirei
O sol ainda brilha na estrada
E eu nunca passei
Eu vi a mulher preparando
Outra pessoa
O tempo parou pra eu olhar para aquela barriga
A vida é amiga da arte
É a parte que o sol me ensinou
O sol que atravessa essa estrada
Que nunca passou

Por isso uma força me leva a cantar
Por isso essa força estranha no ar
Por isso é que eu canto, não posso parar
Por isso essa voz tamanha

Eu vi muitos cabelos brancos
Na fronte do artista
O tempo não pára, e no entanto ele nunca envelhece
Aquele que conhece o jogo
Do fogo das coisas que são
É o sol, é o tempo, é a estrada
É o pé e é o chão

Eu vi muitos homens brigando
Ouvi seus gritos
Estive no fundo de cada vontade encoberta
E a coisa mais certa de todas as coisas
Não vale um caminho sob o sol
É o sol sobre a estrada
É o sol sobre a estrada, é o sol

Por isso a força me leva a cantar
Por isso essa força estranha no ar
Por isso é que eu canto, não posso parar
Por isso essa voz, essa voz tamanha

Por isso uma força me leva a cantar
Por isso essa força estranha no ar
Por isso é que eu canto, não posso parar
Por isso essa voz tamanha

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Lições do dia-a-dia

Nossa, fiquei arrasada nesta quinta-feira, na aula de Didática. É terrível quando você constata que não sabe de algo ou como fazer algo!

O assunto era planejamento, até a parte teórica estava tudo beleza. Mas pra provar que tínhamos entendido as diferenças de planos, a professora lançou o desafio que criássemos um plano de aula e um plano de curso de uma disciplina e série determinadas.
Plano de aula, normal. Mas plano de curso... nunca tinha feito, sabia do que se tratava, mas não tinha noção de por onde começar e foi uma discussão entre o grupo pra decidir que conteúdos colocar, quais retirar, a formulação dos objetivos (que nesse caso é um pouco diferente do plano de aula)... enfim, um caos!
Pedi ajuda, esquentei a cabeça, o grupo ajudou bastante a definir características; mas ainda estava indignada por não saber algo tão prático (era uma guerra pessoal). No fim saiu tudo normal, não ficou excelente como os trabalhos apresentados anteriormente, mas deu pra nos safar.
Contudo, quem disse que eu estava satisfeita? Cheguei em casa e meti a cara em livros e revistas e artigos da internet que me esclarecesse detalhadamente como se fazia isso. Bom, claro que aprendi e agora está tudo mais claro em minha mente. Mas o interessante foram as lições que tirei dessa pequena experiência:
  • Ao achar que sabia muitas coisas, aprendi que uma coisa tão pequena pode me tirar o sossego;
  • Que teorias não servem de nada se não forem voltadas para prática;
  • Admitir que não sei e correr atrás para descobrir é melhor que achar que se conhece todas as coisas.
Tomara que sirva de lição pra outras pessoas!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

John Lennon




"Amo a liberdade, por isso deixo as coisas que amo livres. Se elas voltarem é porque as conquistei. Se não voltarem é porque nunca as possuí"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Rubem Alves


"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses"

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Coletânia

Começo a postar diversos textos que venho acumulando ao longo da minha carreira, com objetivo de torná-los virtual e poder jogar infinitas folhas de papel fora.

Em muitos deles não será possível identificar o autor, pois muitos trabalhos e textos dados para leitura eram trechos de livros onde não ficou especificado a autoria.
Em todos eles explicitarei a falta de referência. Jamais me apropriaria de algo que não é meu por direito. Embora não fosse esse o jeito mais correto de publicar textos, acho que o objetivo é dividir meu acervo.
Quem souber e puder comprovar a autoria desses textos mande-me e-mail ou deixe um comentário.
Grata. Boa leitura!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Rubem Alves

Ontem Na Faculdade, eu e algumas colegas conversávamos sobre avaliação no mais triste sentido da palavra. Claro que acabamos caindo no discurso contra os vestibulares, de como eles não avaliam realmente o que sabemos e como ele é eliminatório. Algumas meninas relataram suas experiências negativas com provas. E eu também sempre me sinto um tanto mal ao fazer provas, me sinto avaliada. É uma sensação ruim q poderia ser substituída por muitos outros tipos de avaliação mais saudáveis e que não avaliasse nosso estado emocional ao fazer provas e sim quais nossas habilidade adquiridas!!!

Achei muito pertinente postar esse texto do meu amado Rubem Alves. Concordo com ele em número, gênero e grau! Tb admito q ainda assim teríamos falhas, mas seria bem menos discriminatório e bem mais democrático.

O fim dos vestibulares

Era o meu penúltimo dia como professor visitante nos Estados Unidos. Os alunos começaram a vir ao meu escritório para se despedirem. Entrou uma jovem, longos cabelos ruivos, sardas. Olhou para mim, sorriu e disse: “ Na na noite passada sonhei com você. Sonhei que você era um palhaço...” Ela sorria. Sua voz tinha música. Era um carinho.

Perguntado sobre o seu nome o Demônio respondeu a Jesus: “ Meu nome é Legião, porque somos muitos”, afirmação que é confirmada pela psicanálise. A moça estava certa. No meu caso, dentre a Legião que mora no meu corpo, um deles é um palhaço brincalhão. Sua companhia já me causou embaraço. Não me causa mais. Ao contrário, me dá um delicioso sentimento de leveza. Além disso, descobri que ele era e é frequentador de alguns dos pensadores que mais admiro. Nietzsche, que dizia que a verdade, para ser verdade, tem de ser acompanhada por um riso. Kolakowski, que escreveu um lindo ensaio entitulado “ O sacerdote e o bufão”. Octávio Paz, que afirma ser missão do intelectual fazer rir pelos seus pensamentos e fazer pensar por suas piadas.

O problema está em que, normalmente, as pessoas não se dão conta de que o riso é virtude filosófica. “Ridendo dicere severum”, afirmava Nietzsche: rindo, dizer as coisas sérias. Talvez em virtude de feitiços teológicos - no livro do Humbero Ecco, O nome da rosa , o irmão Pedro amaldiçoava o riso como coisa demoníaca - fomos levados a ligar o riso à leviandade e à falta de seriedade. Assim, estou sempre correndo o risco de ver as coisas que digo com a seriedade do riso serem ignoradas como nada mais que uma brincadeira.

É o caso da minha velha proposta para a solução da monstruosidade dos vestibulares, a meu ver uma das maiores pragas da educação brasileira. Os vestibulares são escorpiões com ferrões na cabeça e no rabo. Na cabeça, o ferrão pica para frente, aqueles que estão tentando entrar na universidade. No rabo, ele pica para trás: as crianças e os adolescentes: escolas boas são as que os preparam os vestibulares. E assim, os ditos exames, que são elaborados apenas como guilhotina para degolar os menos espertos que querem entrar, se estabelecem como camisas-de-força para o pensamento dos que estão apenas começando: são elevados à condição de norma mal-dita para o ensino de primeiro e segundo graus. A maior importância dos vestibulares está precisamente nisso: as deformações que eles impõem sobre a educação que os antecede.

Os vestibulares podem ser melhorados. Qualquer melhoria, entretanto, não compensa os estragos que fazem. Ao invés de serem melhorados, proponho que sejam abolidos. Como é que podem ser abolidos? Fala-se em adotar o modelo americano: a seleção se faria pelos currículos escolares. Essa solução é muito pior que os atuais vestibulares. Ela criaria uma “liga” de escolas de elite, caminho indispensável para a entrada nas universidades, tal como acontece nos USA, aumentando assim as vantagens dos ricos sobre os pobres.

Fala então o bufão, lembrando os leitores de que, por absurda que possa parecer, a sua proposta é coisa séria.

Proponho que o vestibular seja substituido por um sorteio. Todos os que concluirem o segundo grau poderão entrar no sorteio. Vantagens:

1. Os pobres poderiam ter esperanças de entrar na universidade. Nenhuma outra solução é tão democrática quanto esta.

2. Os cursinhos seriam automaticamente fechados. O dinheiro que neles gastam as classes média e rica seriam economizados.

3. O ensino do primeiro e do segundo graus ficaria livre da camisa-de-força que os vestibulares lhes impõe. As propostas educacionais teriam de ser avaliadas, então, pelo seu valor cultural, como educação, e não por sua capacidade para ensinar técnicas para passar nos vestibulares.

4. As classes médias e ricas, liberadas dos gastos com os cursinhos, e diante do fato de que seus filhos não são sorteados, teriam à sua disposição recursos financeiro substanciais que poderiam ser investidos na criação de excelentes universidades particulares, à semelhança do que ocorre nos Estados Unidos. Os pobres teriam mais chances de acesso à educação univeristária pública gratuita e os ricos poderiam criar suas próprias instituições de ensino superior, sem que o governo tivesse de lançar mão de seus recursos.

Objeção: o sorteio permitiria o acesso às universidades de qualquer estudante, mesmo aqueles que estudaram nas piores escolas e tiraram as piores notas, contribuindo assim para piorar o nível já baixíssimo da nossa educação.

Contestação: esse perigo seria evitado por um exame nacional, ao final do segundo grau, que teria por objetivo determinar aqueles que cumpriram as exigências mínimas de conhecimento estabelecidas pela lei. Um exame não classificatório, que teria apenas duas notas: aprovado, reprovado. Os aprovados todos poderiam entrar no sorteio. Esse exame, por sua vez, se constituiria num instrumento para que o Ministério da Educação avaliasse o desempenho das escolas.

A proposta tem defeitos e injustiças - infinitamente menores que aqueles dos vestibulares.

Acho que o pallhaço merece, pelo menos, ser ouvido e ser levado em consideração...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Aprender a aprender... Aprender a ensinar

Achei lindo esse vídeo. Ele retrata bem a "Mágica" Tarefa de ensinar.

Muito poético!!!
video

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Um carnaval Nada legal!

Gente, eu sei que o carnaval já não é mais assunto por essas épocas e q acabei esquecendo de relatar por aqui!

Mas não podia deixar passar em branco. Moro aqui (Recife) desde de 2007, e se passaram dois carnavais eu vendo escola de samba pela tv, e nada de curtir um Carnaval Regional . Os motivos eram: não conhecíamos pessoas pra nos acompanharem; não sabíamos quais eram os locais mais animados e menos perigosos; não sou muito fã de frevo; etc, etc, etc.
Também não sou eu a pessoa mais apaixonada por carnaval e festas noturnas, mas achei uma perda de tempo morar em Recife tanto tempo e não conhecer uma coisa tão Rica desta cidade.
Bom, insisti com Victor para nos aventurarmos nessa "empreitada", combinamos com uns amigos dele pra nos encontarmos no Recife Antigo numa sexta-feira pois seria um show do Zeca Pagodinho (achei que sendo um cantor carioca eu não iria achar chato e tal...). Compramos acessórios e estávamos super-empolgados! Partimos.
Logo de começo ficamos muito muito tempo esperando o povo chegar! Aff e eu ODEIO FICAR EM PÈ!!!! Já comecei a desanimar, até que o grupo todo não conseguiu se encontar, juntamos o povinho q inha e fomos pra frente do palco... depois de muito lutar com a multidão q quase me asfixiou. Quando cheguei no lugar já estava louca pra ir embora pra minha casinha, mas Victor pediu q eu esperasse um mínimo! OK!! O show começou, não estava nenhum pouco animada, então pedi uma skol pra ver se me alegrava!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Como se eu tomasse Alguma bebida alcólica além de smirnoff. Putz, ainda por cima QUENTE! Eis aí q o problema começa. Como boa Carioca q sou, resolvi ofecer minha cerveja pro menino ao lado, achando q ia voar gente em cima. ERRADA! Ele me olhou com uma cara bem "arretada" E me disse: Eu tenho cara de mendigo??! Eu tenho a minha!!! Ok foi mal... saí de fininho!
Fui pro outro lado daí um menino pisou bem forte no meu pé, daí eu só disse assim: "Ôxe!!!" (mas era brincando rsrsrsrsrs) Ele me deu uma olhada... Eu disse Amor vamos cair fora daqui.
Victor que já não via a hora de eu pedir isso, mais que rapidamente me pegou pelo braço e fomos! Melhor parte da noite: chegar em casa, tomar um banho e dormir muuuuuuuuuuuuuito!
Ufa! Gente, quando o melhor do carnaval for dormir, concluí isso não é pra mim!!!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Post Icon

Primeiros dias na Facul

Os dois primeiros dias no Curso de Pedagogia foram seminários de Integração, com palestras de fonoaudiologia e a Coordenadora do curso apresentou-o! No segundo dia foi apresentação da biblioteca, outra palestra de fonoaudiologia e uma de desenvolvimento humano!

Na segunda-feira foi aula de Metodologia Científica.
Até agora estou apenas empolgada por estar fazendo faculdade, mas os assuntos abordados ainda não me motivaram.
O relacionamento com a turma, em contra-partida está indo de vento em popa! Estou adorando todos. Fui escolhida para representar a classe e fiquei muito feliz por isso. Além de já ter estreitado vínculo com duas meninas em especial!
Os professores até então não me encantaram, mas vou dar tempo ao tempo...
Fora isso, já de cara temos pesquisa de campo e avaliações muito próximas uma das outras! Isso me deixa bem entusiasmada... eu adoro COMPROMISSOS!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS